Entrevista com Enf ET Suzana Aron, finalista do JWC Awards 2018

A Estomaterapia brasileira marca presença na edição 2018 da premiação anual do Journal of Wound Care. As Enfermeiras Estomaterapeutas Profa. Dra. Vera Lúcia Conceição de Gouveia Santos e Profa Suzana Aron foram indicadas nas categorias "Profissional de Educação" e "Custo-efetividade no Tratamento de Feridas", respectivamente. A publicação reconhece profissionais que trabalham para inovação e excelência na pesquisa e prática em cuidados de feridas, em 15 categorias.

A Cerimônia de premiação será no dia 2 de março de 2018, em Londres.

Conversamos com a Enfermeira Estomaterapeuta Suzana Aron, finalista da categoria "The Cost-effective Wound Management Award":

SOBEST: Qual a importância do estudo de custo-efetividade do cuidado de feridas na realidade da Saúde no Brasil?

SUZANA ARON: O título do meu trabalho é “Ferramenta para análise de custo-efetividade no tratamento das úlceras venosas”, desenvolvido no Mestrado Profissional da UNIFESP em 2017. Foi criada uma ferramenta simplificada e prática para calcular a relação custo-efetividade  no tratamento das úlceras venosas, na perspectiva de uma instituição de saúde. A ferramenta coleta informações sobre a instituição de saúde, pacientes, características do estudo, recursos consumidos e resultados do tratamento, e calcula a relação custo-efetividade baseada nas informações fornecidas.

SOBEST: Qual importância do estudo custo-efetividade para a realidade da Saúde no Brasil?

SA: Ao comparar as intervenções, uma ferramenta simples, como a apresentada nesse trabalho, pode ser um poderoso instrumento para aumentar a qualidade dos cuidados e reduzir os custos gerais no tratamento das feridas em geral.  Esta ferramenta está disponível para as partes interessadas gratuitamente mediante solicitação. Se apresenta em arquivo Excel e as instituições podem baixar e usar para análises prospectivas ou retrospectivas com  seus próprios dados institucionais.

SOBEST: Para sua trajetória na Estomaterapia, o que significa a indicação?

SA: Fiquei muito orgulhosa de ter ficado entre o 3 primeiros finalistas podendo chegar a ser vencedora desse prêmio. Ser reconhecida em meio a tantos candidatos de renome internacional é muito gratificante.

SOBEST: Como reconhecimentos internacionais como este podem estimular a valorização da Estomaterapia brasileira?

Esta é uma conquista fantástica e reconhece a qualidade e a natureza inovadora do trabalho que podemos fazer no Brasil, isso será de fato um incentivo às publicações por parte de nossos colegas. Agradeço muito a minha orientadora e co orientadora, Dra. Elaine Horibe Song e Profa. Leila Blanes, respectivamente.

Estamos na torcida!

Área do Associado